Português Español Italiano English
Apostilas PDF Grátis
Sitemap Adobe Autodesk Corel Microsoft Open Source Variadas

Apostila Manual redes de dados


 









Apostila Manual redes de dados

Apostila Manual redes de dados BAIXA ESTA APOSTILA GRÁTIS
Apostila em formato PDF para que você possa guardá-lo para o seu leitor de PC, e-book ou impressão.


Vínculo Patrocinado



Nota: A Apostila você está prestes a baixar está compactado formato. Rar, se você não tiver um descompactador de arquivos rar você pode baixar o 7-zip e você pode exibir o Foxit Reader PDF.



Índice Apostila Manual redes de dados


A Informação
Necessidade de informação
Propagação (capilaridade)
Validade
Velocidade
A Reengenharia
Downsizing, Rigthsizing, Upsizing
Vantagens
descentralização das informações
redução dos custos
abandono das estruturas “proprietárias”
caminho para sistemas abertos
Desvantagens
retreinamento dos funcionários
migração dos dados/reescrita das aplicações
Introdução a Redes
Rede não é um sistema, mas sim uma ferramenta que permite o melhor compartilhamento de recursos computacionais, quer sejam de hardware ou de software
Rede é muito mais do que sistema, é uma filosofia
Redes de Dados x Estruturas Organizacionais
Redes de Dados não solucionam problemas de fluxo de informação dentro de empresas desorganizadas
Cada empresa tem um dono, presidente ou diretor
Revela segredos
melhor caminho: Organizar!
que é isto?
Um organograma?
Uma rede local?
Tipos de Redes
LAN (Local Area Network)
MAN (Metropolitan Area Network)
WAN (Wide Area Network)
LAN (Local Area Netwok)
altas taxas de transmissão
baixas taxas de erros
propriedade privada
geograficamente limitadas
topologias mais utilizadas: estrela, anel e barra
MAN ( Metropolitan Area Network )
restrita a uma área metropolitana
meios de transmissão: Cabos ópticos e coaxiais
taxas de transmissão: 10Mbps
WAN (Wide Area Network)
conecta redes locais geograficamente distantes
meios de transmissão (satélite, linhas telefônicas, microondas) custo elevado
baixas taxas de transmissão
geralmente são redes públicas
Topologias
Ponto a Ponto
Bus - barramento
Ring - anel
Star - estrela
Grafo - parcial
Híbrida
Tree - árvore
Modelo OSI
Origem
Open System Interconnection
Data: 1977
Objetivos
padronização de interligação na comunicação
definição de serviços em camadas
Camadas
Aplicação
Apresentação
Sessão
Transporte
Rede
Enlace
Físico
Tecnologias de rede
Padrões
Ethernet
Token Ring
ATM
RDSI
FDDI
Frame-Relay
Padrões
IEEE (Institute of Electrical and Electronic Engineers)
Projeto 802
Comitê 802.3
sub-comitê 10Base5
sub-comitê 10Base2
sub-comitê 10BaseT
Projeto 802
802.1 MAC layer Bridges and Bridge Management
802.1q standard for running Token Ring with Fast Ethernet
802.1b standard for network management
802.1d standard for Inter-LAN bridges between 802.3; 802.4 and 802.5
802.2 Logical Link Control
802.3 CSMA/CD (Ethernet)
802.3u Fast Ethernet em 100BaseT, 100BaseT4 e 100BaseFX
802.3z Gigabit Ethernet
802.4 Token Bus (MAP/TOP)
802.5 Token Ring (IBM 4 or 16 Mbps) physical layer
802.6 Metropolitan Area Network 1,5 Mbps to 155 Mbps
802.7 Broadband Local Area Network (cable television)
802.8 Fiber Optic CSMA/CD
802.9 Integrated Voice and Data Systems
802.10 Standard for Interoperable LAN Security (SILS)
802.11 Wireless - Radio, Spread Spectrum Radio and Infrared
802.12 Ethernet 100VG-Anylan
Projeto 802
Ethernet
Histórico
1973 Xerox desenvolveu a topologia BUS para rede locais
1974 Xerox testa com sucesso o protótipo Ethernet
1980 Digital, Intel e Xerox lançam a versão 1.0.
Em seguida a versão 2.0 e IEEE implementa o 802.3
1983 o IEEE aprova o 802.3 para CSMA/CD a 10Mbps, 10Base5
1988 o IEEE aprova o 802.3 com 10Base2
1990 o IEEE aprova o 802.3 com 10BaseT
Características
Protocolo de comunicação: síncrono; codificação Manchester
Taxa de Transmissão: 10 e 100Mbps
Método de Acesso: CSMA-CD
Modo de Transmissão: Banda Base
Meio de Transmissão
10Base5 - Thick coaxi cable
10Base2 - Thin coaxi cable
10BaseT - Twisted Pair
fibra óptica
Ambiente Magnético: 2V/m de 10KHz a 30MHz
5V/m de 30MHz a 1GHz
Ethernet Frame
Endereços Ethernet
Endereço Específico
fabricante seqüencial
Endereço Fabricante
00000C Cisco
00001B Novell
00001D Cabletron
000081 Synoptics
0000AA Xerox
02608C 3Com
080009 HP
080010 AT&T
080020 SUN
08002B DEC
08005A IBM
Multicast
Broadcast
Método de Acesso CSMA/CD
Ethernet Standard
Taxa de Transmissão: 10Mbps compartilhado
Topologia lógica: barramento
Topologia física: barramento, estrela, árvore
Modo de Transmissão: banda base - Half Duplex
Método de Acesso: CSMA/CD - IEEE 802.3
Disponível para cabeamento
10BaseT
10Base5
10Base2
10BaseFB, 10BaseFL e FOIRL
Switch Ethernet
Taxa de Transmissão: 10Mbps dedicado ou comutado
Topologia lógica: barramento
Topologia física: estrela
Modo de Transmissão: banda base - Half Duplex
Método de Acesso: CSMA/CD
Disponível para cabeamento
10BaseT
10BaseFB, 10BaseFL, FOIRL
Full Duplex Switched Ethernet (FDSE)
Taxa de Transmissão: 20Mbps dedicado
Topologia lógica: barramento
Topologia física: estrela
Modo de Transmissão: banda base - Full Duplex
Método de Acesso: CSMA/CD
Disponível para cabeamento
10BaseT
10BaseFB, 10BaseFL, FOIRL
Fast Ethernet 100BaseT - IEEE802.3u
Taxa de Transmissão: 100Mbps dedicado
Topologia lógica: barramento
Topologia física: estrela
Modo de Transmissão: banda base - Half / Full Duplex
Método de Acesso: CSMA/CD
Disponível para cabeamento:
100BaseT - Cat.5 (2 pares)
100BaseT4 - Cat. 3 ou 4 (4 pares)
100BaseFX - multimodo e monomodo
Gigabit Ethernet - 802.3.z
Taxa de Transmissão: 1Gbps
Topologia lógica: barramento
Topologia física: estrela
Modo de Transmissão: banda base - Full Duplex
Método de Acesso: CSMA/CD
Disponível para cabeamento
Cabo metálico - 25m
Cabo óptico multimodo - 500m
Cabo óptico monomodo - 2Km
Ethernet 100VG - Anylan - IEEE802.12
Taxa de Transmissão: 100/200 Mbps dedicado
Topologia lógica: barramento
Topologia física: estrela
Modo de Transmissão: banda base - Half Duplex
Método de Acesso: DPMA
Disponível para cabeamento
UTP cat.3 a 4 pares
STP vat.5 a 2 pares
fibra multimodo
Token Ring
Características
Conjunto de estações serialmente ligadas
formando um anel lógico
Seqüência lógica de estações dentro do anel
(recebimento e retransmissão)
Token (seqüência de 24 bits)
Multicast e Broadcast
Active Monitor (recuperação de erros)
Características
Proteção contra falhas (Trunk)
Isolamento elétrico de estações com problemas ou desligadas
Prioridades de transmissão
Velocidades de transmissão
4 / 16 Mbits/s
Early Token Release
FDDI
Taxa de Transmissão: 100Mbps
Topologia elétrica: anel
Topologia física: estrela
Protocolos: TCP/IP - DECnet
Método de Acesso: Token Passing
ATM
ATM (Asynchronous Transfer Mode)
ATM - Componentes principais
ATM - Interfaces
ATM - Tecnologias de Transmissão
ATM - Adaptação
Adaptação de aplicações não-ATM
ATM - Vantagens
Características Benefícios
RDSI
Rede Digital de Serviços Integrados
RDSI - Características
Transparência
Separação das funções
Suporte para sistemas existentes
Caminho para migração
Suporte local de múltiplos dispositivos
Estrutura da taxa
RDSI - Canais
Canal A (analógico)
Canal B (64 Kbps)
Canal D (16 ou 64 Kbps)
Canal H
H0 (384 Kbps)
H11 (1536 Kpbs)
H12 (1920 Kpbs)
RDSI - Potencial
Serviço telefônico local, nacional e internacional
Conectividade com redes comutadas por pacotes
Conectividade com redes comutadas por circuitos
Intercâmbio eletrônico de dados (EDI)
Transferência eletrônica de fundos (EFT)
Correio eletrônico local, nacional e internacional
Monitoração e relatório sobre alarmes (Bips)
Comunicação por FAX
Comunicação por teletexto
Comunicação por VídeoTexto
VideoConferência
Frame-Relay
Protocolo WAN
Frame-relay - Objetivos
Solução intermediária para demanda por redes de alta banda passante
Baixa latência e alto throughput
Banda passante sob demanda
Compartilhamento dinâmico de banda passante
Backbone
Frame-relay - Arquitetura
Aplicação
Apresentação
Sessão
Transporte
Rede
Enlace
Físico
Frame-relay - Dados do usuário
Formato do frame Frame-relay
Internet Download Speeds

Baixar




Baixe o descompactador 7-zip
Baixe o Foxit Reader baixo para ler os apostila.






ApostilasPDF © 2009 - Licença Creative Commons