Português Español Italiano English
Apostilas PDF Grátis
Sitemap Adobe Autodesk Corel Microsoft Open Source Variadas

Apostila Manual Linux passo a passo


 









Apostila Manual Linux passo a passo

Apostila Manual Linux passo a passo BAIXA ESTA APOSTILA GRÁTIS
Apostila em formato PDF para que você possa guardá-lo para o seu leitor de PC, e-book ou impressão.


Vínculo Patrocinado



Nota: A Apostila você está prestes a baixar está compactado formato. Rar, se você não tiver um descompactador de arquivos rar você pode baixar o 7-zip e você pode exibir o Foxit Reader PDF.



Índice Apostila Manual Linux passo a passo


Uma breve história sobre o Linux
Linus escreveu no comp.os.minix
Porque as pessoas gostam do Linux?
É gratuito
É popular
É eficiente
Tem boa qualidade e executa as aplicações de alta qualidade
É altamente compatível com MS-DOS, Windows e Windows 95
Sobre os Direitos Autorais do linux
Reivindicação - Usuário de plataforma POSIX ignorado!
Guia de instalação do Linux Debian 1.3.1
Sobre Copyrights e Licenças de Software
REQUISITOS DO SISTEMA
CPU
Bus de I/O
Video
Outro Hardware
ANTES DE VOCE COMECAR
Backups
A informacao que voce precisara
Seu host name (você pode ser capaz de decidir isto por conta própria)
Seu domain name
Endereço IP do seu computador
O netmask para usar com sua rede
O endereço IP de sua rede
O endereço de transmissão para usar em sua rede
O endereço IP do sistema gateway default para o qual você deve rotear, se sua rede possui um gateway
O sistema em sua rede que você deve usar como um servidor DNS (Domain Name service)
Qual tipo de rede você usa para conectar-se a rede (Ethernet, Token Ring)
CONFIGURANDO SEU SISTEMA
Discos
O menu de SETUP do BIOS
Selecao do Dispositivo de Boot
Memoria Estendida vs. Expandida
Protecao de virus
Shadow Ram
Advanced Power Management
A Chave de Turbo
Turbinando sua CPU
RAM ruim
RAM c/ Paridade Falsa ou ("virtual" )
CPUs Cyrix e Erros de Disquete
Multiplos Processadores
Configuracoes de BIOS para se Ter Cuidado
Configuracoes de Hardware para se Ter Cuidado
Hardware especifico para Windows
Linux Hardware Compatibility HOWTO
Hardware Proprietario
OS METODOS PARA INSTALAR O DEBIAN
Linux Hardware Compatibility HOWTO
Kernel e Módulos Driver
Sistema Base
Pacotes Debian
ESCREVENDO OS ARQUIVOS DE IMAGEM DE DISCO PARA DISQUETE
Rescue Disk
Driver Disk
Root Disk
Low-Memory Root Disk
Discos Base
Escrevendo de um sistema DOS, Windows, ou OS-2
Conjunto de disco de Instalacao Especial
Escrevendo de um Sistema Linux ou Unix
INSTALANDO O SISTEMA
Confiabilidade de Disquete
O Rescue Floppy
Sistemas c/ Pouca Memoria
Use fdisk para criar uma partição de Swap Linux (tipo 82)
Ative a partição de swap
Copie o filesystem root para disco
Reboot: inicializa o sistema novamente usando as opções de boot que são mostradas
A Caixa de Dialogo Colorido ou Monocromatico
O Menu Principal
Configurando o Teclado
O Shell
Ultima Chance!
Divisao de seus Discos Rigidos
Inicialize e Ative a Particao de Swap
Inicialize uma Particao Linux
Instale o Kernel do Sistema Operacional e os Modulos
Configure os Device Drivers
Configure a Rede
Seu host name
Seu domain name
Endereço IP do seu computador
O netmask para usar com sua rede
O endereço de transmissão para usar em sua rede
O endereço IP do sistema de gateway default para o qual você deve rotear, se sua rede possui um gateway
O sistema em sua rede que você deve usar como um servidor DNS (Domain Name Service)
O tipo de sua rede (Ethernet, Token Ring)
Instale o Sistema Base
Configure o Sistema Base
Faca o Disco Rigido Inicializavel
Faca um Disquete de Boot
A Hora da Verdade
Configure a Password do Root
LogIn
INFORMACAO TECNICA SOBRE OS DISQUETES DE BOOT
Codigo Fonte
O Rescue Floppy
Substituindo o Kernel
RAM disk inicial
Filesystems MSDOS, Minix, e EXT2
Executáveis ELF
Os Disquetes Base
Ultima Atualizacao
COPYRIGHT DESTE DUCUMENTO
Documanteção de dselect para iniciantes [Debian 1.3.1]
Debian Linux `dselect' package handling front end
0 Access
dselect - list of access methods
Update
Packages ou Packages.gz do mirror
Select
Install
Configure
Remove
Quit
Algumas sugestões na conclusão
Glossário
Pacote
Nomes de pacotes
Guia básico do UNIX
Para entrar no sistema (Login)
Para alterar passwords
Para sair do sistema (Logout)
Para corrigir erros de digitação
Conceitos e Comandos Básicos
Formato de comandos Unix
Filesystem
Pathname
Diretórios
Arquivos
Proteção
Help Interativo
Para LOGIN (entrar no sistema)
Para alterar password
Para LOGOUT (sair do sistema)
Para corrigir erros de digitação
Formato de comandos UNIX
Filesystem
Pathname
Diretórios
Especificando um diretório relativo
O diretório root
O diretório corrente
O diretório acima do corrente
Um diretório abaixo do corrente nome do diretório
Seu diretório HOME ~
Diretório HOME de outro usuário ~userloginname
Especificando um diretório absoluto
Mostrar o diretório corrente
Criar diretório
Remover diretório
Mudar de diretório
Arquivos
Criar um arquivo
Listar os arquivos
Remover um arquivo
Copiar "arquivo1" para "arquivo2"
Mover (ou Renomear) "arquivo1" para "arquivo2"
Mostrar o conteúdo do arquivo no terminal
Proteção
Drives e partições do Linux
Como criar sistemas de arquivos
Como criar uma conta do usuário
Editar o arquivo /etc/passwd para acrescentar o novo usuario
Editar, opcionalmente,o arquivo /etc/shadow
Criar o diretorio pessoal do usuario
Copiar os arquivos de configuracao da estrutura
Monkey Linux
O que é Monkey?
Compatibilidade
Exigências mínimas de hardware
Hardware suportado
Pacotes para hardware pre-instalados
Aplicativos no Monkey
Pacotes pronto para instalar
Pacote Descrição Nome do arquivo
Apache Servidor WWW apache.tgz
DosEmu Emulador de DOS dosemu.tgz
GCC para compilação do kernel gccall.tgz
Kernel 2.0.30 código fonte do kernel 2.0.30 kern2030.tgz
Manpages Man pages manpages.tgz
Netscape 3.01 browser WWW netscape.tgz
Sendmail Agente de transferência de correio + Pine sendmail.tgz
Mach 64 servidor de X acelerado x32ma64.tgz
S3 servidor de X acelerado x32s3.tgz
Descrições dos pacotes pronto para instalar
Download
Instalação
Mini-Linux
Introdução
mouse na COM1: ( /dev/mouse )
modem na COM2: ( /dev/modem )
várias placas de rede Ethernet ( NE2000 e 3Com )
placas e dispositivos SCSI
X Windows em modo SVGA ( Trident, Tseng, Cirrus, etc )
suporte para TCP/IP e SLIP/PPP
Instalando
Usando o Mini-Linux
Uso básico do Lynx
Consideracoes iniciais
Para iniciar o programa Lynx
Para percorrer uma pagina
Para iniciar o Lynx conectando-se a um servidor especifico
Para abrir novas conexoes com outros servidores
Para salvar e enviar telas por correio eletronico
Bookmark
Para fazer buscas usando o Lynx
Para ver uma 'fonte' de uma pagina
Help on line
Outros comandos
Uso básico do Lynx
Consideracoes iniciais
Para iniciar o programa Lynx
Para percorrer uma pagina
Para iniciar o Lynx conectando-se a um servidor especifico
Para abrir novas conexoes com outros servidores
Para salvar e enviar telas por correio eletronico
Bookmark
Para fazer buscas usando o Lynx
Para ver uma 'fonte' de uma pagina
Help on line
Outros comandos
Uso básico do Pico
Consideracoes Iniciais
Acionando o Pico
Comandos
Comandos de movimentacao basica do cursor
Comandos de movimentacao da tela
Comandos de delecao
Errou? Como cancelar uma operacao
Movimentacao de blocos
Outros comandos de edicao
Inserindo um arquivo no meio de um texto
Outros recursos
Busca/substituicao
Refresh
Revisor ortografico
Help interativo
Terminando a edicao/Sair do Pico
Salvar
Salvar e sair/Sair sem salvar
Uso básico do Elm
Considerações Iniciais
Para iniciar o programa Elm
Para ler uma mensagem
Para enviar uma mensagem
Para responder uma mensagem
Para reenviar uma mensagem recebida a outro endereço
Criando folders
Acesso a folders
O recurso dos "aliases"
Para sair do Elm
Menu de comandos
Consulta ao HELP
Referências
Guia Básico para a instalação do Red Hat 5.2 - CD da CheapBytes / Linux Store
1º Parte
Recriando as partições para poder instalar o Linux
2º Parte
Criando o disco de boot
3º Parte
Começando a instalar o Lin
E agora, por onde começar?
E agora, Qual distribuição escolher?
FDISK I / Recriando as partições do MS-DOS
1º Parte
Recriando as partições do MS-DOS para poder instalar o Linux
Excluir partição do DOS ou unidade lógica do DOS
Excluir partição primária do DOS
Criar partição do DOS ou unidade lógica do DOS
Criar partição primária do DOS
FDISK II / Criando as partições do Linux
/dev/hda Primeiro drive IDE
/dev/hdb Segundo drive IDE
/dev/sda Primeiro drive SCSI
/dev/sdb Segundo drive SCSI
FIPS - Particionando o HD sem perder os dados
Vamos começar
Acentuando no Debian 2.0
Passos
Precisa de uma bússola?
Comandos avançados I
mount
umount
df
du
cc
find
grep
head
tail
ln
netstat
su
touch
uname
mailx
showmount
chmod
Use uma ou mais letras indicando os usuários envolvidos
Indique se as permissões serão adicionadas (+) ou removidas (-)
Use uma ou mais letras indicando as permissões envolvidas
file
chgrp
chown
Comandos avançados II
apropos
csplit
dd
paste
split
slice
sort
tail
tee
traceroute
xargs
Compilando um novo kernel
Descompactando os fontes
Configuração do kernel
Compilando o kernel
Instalando o kernel
Estilo de codificação do Kernel do Linux
Capítulo 1: Indentação
Capítulo 2: Colocando chaves
Capítulo 3: Nomenclatura
Capítulo 4: Funções
Capítulo 5: Comentários
Capítulo 6: Você fez uma bagunça
Gerência de Processos
Considerações Iniciais
Inicialização ("boot" do sistema)
Gerência de processo pelo kernel
Criando e destruindo processos
Executando Processos
Gerência de Memória
Gerenciamento de Memória do Linux (LMM)
Memória Física
Distribuição da memória do processo usuário
Tabela do descritor local
Sturct desc - sturct ldt {32} é a mesa descritora local para tarefa
Números de páginas residentes
Swappable - trocáveis
Se então as páginas do processo não serão trocados
Kernel Stack page
Indicador para a página distribuída no fork
Saved - Kernel - Stack
V86 modo material (stuff)
stract tss
pilha de segmentos (stack segments)
indicador da pilha Kernel
Kernel stack pointer
segmento da pilha Kernel
Kernel stack segment (0X10)
Inicialização da memória
Adquirindo e liberando memórias
Paginando (Paging)
Adquirindo e liberando memórias
Arquitetura de Memória Cache do Linux (Linux Flush Architecture)
Implementação da Memória Cache
Carregando o Flush-PAGE para a RAM (Unsigned Long Page)
Exemplo concreto de flush-page
Conteúdo de uma arquitetura virtual
Implicações Referentes a Arquitetura
Arquitetura baseada no Modelo SMP
Implicações para arquitetura baseados no contexto MMU/CACHE
Como tratar o que a arquitetura flush não executa com exemplos
Os modos de permissão do UNIX
Introdução
Verificando quem pode ter acesso aos arquivos
Alterando as permissões de acesso a um arquivo
Exemplo
Exemplos diversos
Linux + Windows NT
ICQ Java
Como instalar
Problemas na instalacao
LICQ
Como Instalar
MICQ
Como Instalar
Protegendo seu X-Windows
Esquema Shadow
modifique
Instalando password Shadowing
Segurança no PPPD
ipfwadm - Firewall no Linux
BACKGROUND
Essas 2 categorias podem assumir como regra default
ANALISE DAS REGRAS DE SEU FIREWALL
EXEMPLOS
CONCLUSÕES
Monitorando logs
Limitando acesso
Mandamentos de segurança
Planejamento
Usuários/Senhas
Root
Sistema de Arquivos
Contas de Usuários
Planejamento:
Identifique o que você precisa protejer
Escolha as prioridades para segurança
Especifique normas para emergências
Eduque seus usuários
Usuários/Senhas
Certifique-se que cada usuário tenha uma conta individual
Confirme se cada usuário possui senha
Verifique se sua instalação pode rejeitar senhas com menos de 6 caracteres
Consiga e rode programas que tentam achar senhas frágeis
Considere a possibilidade de usar programas que geram senhas
Nunca transmita senhas por telefone ou e-mail
Certifique-se que o arquivo de senhas só pode ser lido pelo "root"
Considere a possibilidade de trocar as senhas em intervalos regulares
Root
Iniba a entrada do "root" de qualquer terminal (deixe, no máximo, a console)
Entre com sua conta comum e então use "su" para tornar-se "root"
Sistema de Arquivos
Procure por programas que tenham SUID/SGID ligados
Procure por arquivos com permissão para gravação, que são disparados por alguma ferramenta específica (.exrc, .profile, .pinerc, .kshrc, .login, /etc/sendmail.cf, /etc/profile, etc)
Contas de Usuários
Remova contas inativas
Use rksh ou rsh quando necessário
Certifique-se que todas as contas tem senha
Evite criar contas pra rodar um único programa
Jamais crie outras contas com id 0 (mesmo do root)
Dados
Faça cópias de segurança regularmente
Certifique-se que as cópias poderão ser recuperadas numa emergência
Use mecanismos de veficação de integridade de programas e arquivos
Certifique-se que os sistemas de arquivos tem as permissões corretas
Não habilite SUID/SGID em scripts (shell ou perl)
Elimine as permissões de gravação nos "devices" dos terminais, "pseudo terminais" principalmente
Certifique-se que os arquivos começados com "." não tem permissão pra gravação por ninguém
Remova todos os shells (csh, zsh, ash, etcsh) que não estiver usando
Considere rodar regularmente programas que identificam falhas de segurança no Unix, tais como COPS, Tiger, Medusa, etc
Guarde uma listagem dos programas que tem SUID/SGID e compare-a com cada nova verificação
Remova TODOS os utilitários que não forem necessários na máquina, tais como: cc, perl, awk, etc
Arquivos de Logs
Rode o comando "last" e "who /var/adm/wtmp" regularmente
Verifique os arquivos de auditoria regularmente
Verifique o arquivo sulog
Verifique os arquivo gerados pelos Daemos com: xferlog (ftpd) syslog (syslogd) messages (syslogd) access_log (httpd) OBS: o /etc/syslog.conf permite uma grande varideade de possibilidades de log, e de arquivos para contê-los
Ameaças
Nunca instale software desconhecido, sem os fontes para exame
Evite usar scripts com SUID/SGID, examine data e permissões
Jamais coloque "." na variável de ambiente PATH do "root"
Vefique periodicamente os arquivos de rc e data de modificação de programas
Examine a variável de ambiente PATH de todos os scripts que for executar
Garanta que nenhum programa com SUID/SGID permita saída para o shell
Examine os programas que permitem passar o usuário com parâmetro
Ameaças via Rede
Examine o /etc/hosts.equiv e todos os .rhosts, caso você deseje usar os comandos "r" (rlogin, remsh (rsh), rexec, rcp, retc :-)
Desabilite TODOS os recursos de rede que NâO estiver usando
Substitua (se quiser manter habilitado) o fingerd, por uma versão segura
Verifique (e instale) a versão mais recente do Sendmail
Desabilite, se possível, o serviço de TFTP
Certifique-se que a versão do FTP anonymous é segura
Jamais coloque o mesmo arquivo /etc/passwd no diretório do ftp anonymous
Jamais crie diretórios cujo dono seja o usuário "ftp" (serviço FTP)
Desabilite o serviço de NFS para máquinas remotas
Use um POPD que tenha arquivo de senhas próprio, ou ao menos permita desconexào após n (poucas) tentativas
Remova o programa phf do diretório .../httpd/cgi-bin
Remova também os programas test-cgi e nph-test-cgi diretório .../httpd/cgi-bin
Jamais coloque algum interpretador (perl, csh, ksh, etc) no diretório .../httpd/cgi-bin (serviço http)
Não crie links que usem o perl ou shell para disparar programas
Segurança em Roteadores
Troque ou cadastre uma senha no roteador antes de ligado definitivamente à Internet, seguindo as mesmas regras para senhas de usuário
Desabilite, se possível, o acesso remoto ao 'login' do roteador
Desabilite os serviços internos (chargen, echo, etc)
No caso de roteadores Cyclades, troque não só a senha de fábrica como também o nome do superusuário
Desabilite todos os protocolos desnecessários (RIP, BGP, etc)
Dicas de segurança
Limite o número de programas que necessitem SUID root no seu sistema
Rodando programas com previlegio mínimo no acesso
Desabilitando serviços que você não precisa ou não usa
Tenha sempre os mais recentes /lib's
Encriptando conexões
Instale wrappers para /bin/login e outros programas
Mantenha seu Kernel na última versão estável
Deixe o pessoal do lado de fora saber o mínimo possível sobre seu sistema
Escolha boas senhas
Se voce puder, limite quem pode conectar ao seu Linux
De olho no Netstat, Systat e no Finger
Netstat
Systat
Finger
O que é um shell?
Como funcionam os diretórios /bin /var /etc do Linux e o que tem dentro deles?
Minha placa de video não é reconhecida pelo X, e agora?
Possuo um Winmodem, como faço para configura-lo no Linux?
Programa de compactação GZIP
Dicas FTP
Dicas do editor vi
Consoles virtua
Partições Win95 x Linux
Win95 enxergando o Linux
Linux enxergando Win95
Atualize a sua libc
Veja a versão da sua libc com o comando
Montando um drive ou partição na inicialização - Fstab
Script para ver os HOWTO´s compactados do Linux
Reconheça o seu teclado no Linux
Para isso, siga os seguintes passos
Os seguintes arquivos estão disponíveis
br-abnt.map
br-abnt2.map
us-acentos.map
Meu provedor não aceita Linux
Problema
Solução
Listas de discussão (Brasil)
Adicionando uma lista nesta página

Baixar




Baixe o descompactador 7-zip
Baixe o Foxit Reader baixo para ler os apostila.






ApostilasPDF © 2009 - Licença Creative Commons